Caminhada entre cabo espichel e Sesimbra


Data de realização: 15 de Julho de 2007

Organização:  Obeta - Paulo Mazzetti

Local:  Cabo Espichel, Sesimbra

Grau de dificuldade:  Médio

Extensão aproximada:  14 Km

Duração aproximada:  5 a 6 h

Tipo de passeio:  Linear, com inicio no Cabo Espichel e fim em Sesimbra

Motivos de interesse:   Paisagem, praias dos quase isoladas, gruta da Chã dos Navegantes, ruinas do forte da Baralha

Descrição:

No ano passado a Obeta realizou duas caminhadas sempre ao longo da linha de costa, na zona situada entre o cabo Espichel e Serra da Arrábida.

- A primeira, feita em 25 de Abril, uniu Casais da Serra a Sesimbra.
- A segunda, feita em 13 de Junho, ligou o Meco ao Cabo Espichel.

Faltava o troço que liga o cabo Espichel a Sesimbra;  foi o itinerário escolhido para este passeio.
Depois do encontro de todos os participantes no porto de pesca de Sesimbra, dirigimo-nos para o cabo Espichel, o local de início do passeio.
Este evento registou uma grande adesão de participantes, visto que aos "Obetas" se juntaram vários elementos do Clube Rituais

O tempo infelizmente não esteve de feição e parte do passeio foi efectuado debaixo de nevoeiro e orvalho. Só a meio da tarde se registaram melhorias, com a neblina a levantar.

Tal como estava previsto no programa, visitamos a espectacular falha geológica conhecida como Chã dos Navegantes, bem como as ruínas do Forte da Baralha, que ficam um pouco mais á frente. Neste local aproveitamos também para almoçar.

Depois de retomarmos a caminhada, tentamos seguir sempre ao longo da linha das falésias, o que nem sempre foi possível devido á inexistência de caminhos.
Já perto de Sesimbra fomos dar a uma praia quase isolada, a praia do Cavalo. Curiosamente quando lá chegamos o tempo começou a abrir.
Alguns aproveitaram logo para tomar uma banhoca enquanto outros ficaram estendidos na areia a aproveitar o sol.
Uma hora depois retomámos a caminhada para a terminar 2 km depois, já no porto de pesca de Sesimbra.

Seguiram-se alguns momentos de relaxação e descanso em que o pessoal aproveitou para refrescar a garganta num bar das imediações.
Depois de se ter procedido ao resgate dos carros que ficaram no ponto de partida, o cabo Espichel, alguns elementos regressaram a casa enquanto os restantes ainda foram acabar o dia com uma sessão de petiscos, na conhecida “tasca do Domingos” na aldeia do Meco.

Enfim, foi um óptimo passeio onde imperou a boa disposição e o convívio.
Vejam as fotos e o itinerário feito nos links seguintes: