Descida em autonomia do rio Sabor


Descendo o Sabor... Data de Realização:  22 a 25 de Maio de 2008

Organização:  Obeta - Paulo Mazzetti com a colaboração de Rituais

Local:   Nordeste Transmontano; de Mogadouro a Torre de Moncorvo

Grau de dificuldade:  Alto

Extensão aproximada:  25 km aproximadamente

Duração aproximada:  1 a 2 dias

Tipo de passeio:  Linear, com ínicio na ponte de São Bartolomeu sobre o rio, na estrada N216 e final 2 km a montante da ponte de Sardão-Meirinhos

Motivos de interesse:
Descida num rio de montanha rápido e impetuoso, a paisagem de uma beleza quase incólume

Descrição:
O Rio Sabor nasce na Serra de Montesinho, desagua no Rio Douro e tem 120 km de comprimento. É um dos rios mais bonitos e selvagens de Portugal. O rio Sabor

As suas águas límpidas e cristalinas, ainda não aprisionadas em represas e barragens, correm impetuosas e livres por todo o planalto transmontano, cortando montes e serras, atravessando zonas de beleza natural única, ainda não modificadas pela acção do homem, até finalmente se precipitarem no Douro, perto de Foz Côa.

Mas infelizmente tudo isto vai mudar (ou já mudou...) com a construção da nova barragem do Sabor.

Este evento propôs-se descobrir e desvendar a beleza única e selvagem deste rio antes que tudo isto desaparecesse para sempre…
O plano inicial era descer o rio até à sua foz no Douro, num trajecto de 45 km. Infelizmente, não foi possível cumpri-lo na sua totalidade pois o rio apresentava na altura um forte caudal, devido às chuvas recentes, o que dificultou bastante algumas passagens. O rio Sabor
Por outro lado, como era uma expedição em autonomia, os kayaks iam bastante carregados, ficando bastante instáveis.
Assim acabamos por fazer apenas o troço entre a ponte de São Bartolomeu e a ponte de Sardão-Meirinhos, numa extensão aproximada de 25 km.

Mas apesar dos vários contratempos sofridos e de não ter sido possível completar o projecto, a experiência valeu a pena pela descoberta que proporcionou deste rio, da sua beleza e da paisagem circundante, infelizmente em vias de desaparecer ou de vir a ser completamente alterada com a construção da nova barragem.

Vejam toda a informação detalhada nos links seguintes: