Quarta edição do cruzeiro em veleiro Obeta


Data de Realização:  18 de Julho de 2009

Organização:  OBETA - Paulo Mazzetti

Local:   Porto de Setubal, península de Troia e costa da Arrábida

Descrição:
E foi mais uma edição do cruzeiro Obeta. A quarta mais precisamente.
Tal como nos anos anteriores a partida e a chegada foram feitos a partir do porto de Setúbal. O cruzeiro decorreu a bordo de um tradicional "galeão do sal", restaurado e adaptado para actividades náuticas turísticas.
Começamos por navegar inicialmente em direcção á península de Tróia. A meio do percurso houve lugar a aperitivos; uma ginjinha" caseira fornecida pelos nossos amigos do Sobral, a qual "escorregou" muito bem, especialmente porque acompanhada porque era acompanhada por bolinhos e sortidos de frutos secos diversos.
Pouco tempo depois seguiram-se mais alguns aperitivos, desta vez oferecidos pelo capitão; um surtido de queijos da região de Palmela, acompanhados por duas qualidades distintas de vinho igualmente da região! Este cruzeiro estava a tornar-se num verdadeiro festim gastronómico!

Perto da hora de almoço, tendo já atingido a península de Tróia, lançamos ancora em frente de uma praia quase deserta, a meio caminho da comporta.
Neste local o azul profundo de um céu límpido de verão era complementado na perfeição pelo verde-esmeralda da água cristalina e convidativa. O dia estava perfeito!
Apesar de a temperatura da água não ser das mais encorajantes ás actividades balneares, sucederam-se os banhos em torno do barco.

Houve mesmo quem se aventurasse a ir a nado até à praia em frente.

Após o banho veio o período do almoço. Sobre o tecto da cabine do tombadilho foram então dispostas algumas toalhas nas quais se depositaram os alimentos e as bebidas que os participantes trouxeram consigo!
E era uma visão e tanto! Havia tartes de diversas formas e recheios, salgadinhos diversos, saladas de tudo e mais alguma coisa e sobretudo; fruta, muita fruta!
Tudo acompanhado por diversas bebidas; sumos de fruta, cervejas, vinho branco fresco, etc.
Houve mesmo quem se atrevesse a um momento de alguma sofisticação e resolvesse acompanhar a refeição de champanhe!

Findo o período de almoço, recolheram-se os haveres e o pessoal pode então dedicar-se á prática de algumas actividades "stressantes" como dormir uma sesta, apanhar sol, ler um livro, conversar ou ouvir música…
E quando estávamos todos envolvidos nestas "actividades" eis que surge um aviso! Um numeroso grupo de golfinhos dirigia-se em direcção ao nosso barco, vindos da direcção da comporta!
E era vê-los dando saltos graciosos fora de água, destacando-se pela altura dos saltos o exemplar que seguia na frente, muito provavelmente o líder do grupo.
A emoção e a surpresa cresciam á medida que o grupo de golfinhos se aproximava e atingiu o rubro quando vimos estes elegantes animais cruzarem o nosso barco, a pouco metros da nossa posição e seguirem então em direcção á costa da Arrábida.

Passado este momento, sem duvida um dos mais altos (e inesperados) do programa, levantamos de novo o ferro para retomar a viagem, dirigindo-nos igualmente na direcção da Arrábida. Mais perto da costa o capitão alterou o rumo de modo a podermos regressar ao porto de Setúbal, acompanhando sempre a linha de costa.
Navegava-mos então a todo o pano para aproveitar o vento nordeste da tarde.
Durante o percurso tivemos a oportunidade de passar em frente a diversas praias bem conhecidas na região; Portinho da Arrábida, Galápos, etc.

Na chegada ao porto de Setúbal ainda houve alguns momentos de emoção proporcionados pelo auxílio que o capitão e a respectiva tripulação tiveram de prestar a um pequeno veleiro que se encontrava em algumas dificuldades. Isto porque a tripulação deste pequeno barco não conseguia arriar a vela grande para poder entrar no porto em segurança. Mas felizmente a situação resolveu-se a bem, após alguns momentos de confusão.
Pouco tempo depois atracávamos então no porto de Setúbal.

Findo o programa do cruzeiro propriamente dito alguns dos participantes resolveram prolongar a animação realizando um jantar de grupo em modalidade de rodízio de peixe, num restaurante da zona, o que permitiu fechar com chave de ouro este dia muito bem passado.

Vejam nos links seguintes as fotos e o filme desta aventura:



Nota:
O filme tem uma resolução de 640 x 480 pixeis, tem banda sonora, duração de 3,5 minutos e poderá levar algum tempo a descarregar numa ligação lenta...