Trilho ferroviário de Montemor-o-Novo

Percurso:
Âmbito do PercursoPaisagístico / Ecológico / Ferroviário
Entidade que o ImplementouCâmara Municipal de Montemor-o-Novo
Tipo de PercursoPequena Rota - Linear
Distancia aproximada12 Km
Duração3 a 4 h (a pé), 2 h (bicicleta)
Grau de dificuldadeFácil
Local da realizaçãoAlentejo, Montemor-o-Novo
AcessoA partir de Montemor-o-Novo tomar a estrada N253 (que vai em direcção a Alcácer do Sal). Sair poucos quilómetros depois, no desvio que indica Torre da Gadanha
Pontos de InteressePaisagem alentejana de Montado, o apeadeiro abandonado de Paião, a ponte ferroviária sobre o rio Almansor, a cidade de Montemor-o-Novo
Cota Mínima Atingida234 m
Cota Máxima Atingida290 m
Fotos de Locais:
Estação ferroviária da Torre da Gadanha
O caminho á saída da estação
Apeadeiro de Paião
O caminho á saída do apeadeiro
Caminho ao nono quilometro
A paisagem alentejana
Castelo de Montemor-o-Novo
À chegada a ponte ferroviária sobre o rio Almansor
Vista do castelo sobre a ponte ferroviária
Antiga estação C.F. Montemor

Descrição

Rota linear feita sobre estradão bem conservado. O início é na estação ferroviária da torre da Gadanha.
Fazer toda a plataforma da estação na direcção leste (Evora).
Quando terminar a plataforma começa um caminhoto, o qual irá desembocar no estradão que era o leito do antigo caminho-de-ferro, do qual muito poucos vestígios restam hoje em dia.
Seguir sempre esse estradão. Ao oitavo quilometro aproximadamente, chega-se ao antigo apeadeiro de Paião. Neste local existe um pequeno café onde o caminhante poderá descansar, beber e petiscar algo.
Retomando o caminho, seguir novamente o estradão, o qual irá cruzar algumas estradas alcatroadas até chegar junto á ponte ferroviária que atravessa o rio Almansor, já muito perto de Montemor.
Actualmente a ponte é uma estrutura sem conservação, abandonada desde que o ramal ferroviário foi fechado em 1987. No entanto é uma estrutura robusta e possui ainda plataformas para travessia pedonal feitas em pedra.
Recomenda-se no entanto prudência e cautela no seu atravessamento.
Após cruzar o rio usando a referida ponte chega-se ao edifício abandonado da antiga estação terminal de Montemor, concluindo assim esta caminhada

Dicas: 

- Quem não desejar atravessar a ponte ferroviária tem como alternativa a ponte rodoviária sobre a estrada N253.
Para isso basta abandonar o estradão virando á direita no cruzamento com a referida estrada.

- Todo o percurso é passível de ser feito em BTT